sexta-feira, 11 de novembro de 2011

American Horror Story - 01x01 - "Pilot"


Com o sucesso de The Walking Dead, a FOX investe em mais uma série de terror cobiçosa, mas American Horror Story, mesmo com personagens interessantes, um cenário que causa um frisson enorme e acontecimentos assustadores, não surpreende pelo excesso de clichês e muita bizarrice com falta de explicação, afinal, vamos lá, hoje em dia só sustos não agradam o público - tem que ter um motivo para eles acontecerem - principalmente, como é o caso aqui, se o gênero sobrenatural estiver envolvido.



No episódio piloto da série, a família Harmon muda-se de Boston para Los Angeles a fim de tentar esquecer o aborto de Vivien e o caso extraconjugal de Ben. Eles vão viver em uma antiga mansão cujos ex-donos, um casal de gays, morreram no porão - um matou o outro e se suicidou logo depois. Mas como nem tudo é mil maravilhas, coisas estranhas começam a acontecer. A governanta da casa, Moira, é vista por todos como uma senhora respeitável com um olho de vidro, mas Ben a enxerga como uma jovem e sexy moça vestida com um uniforme erótico de faxineira. Junto com isso, há Tate Langdon, um paciente de Ben, que é um psiquiatra. O jovem tem tendências suicidas e homicidas, e não tarda para que Ben descubra que ele é muito perigoso para andar pelas ruas. Por isso, quando descobre que sua filha Violet criou uma amizade com o jovem, ele faz de tudo para que a menina fique longe de Tate.



Temos ainda Constance, a estranha vizinha com aspecto de dama mas com atitudes grotescas, e sua filha com Síndrome de Down Adelaide, que entra escondida sempre na casa dos novos vizinhos e profetiza suas mortes. Não, as coisas não param por aí. Para piorar as coisas há Larry Harvey, um ex-presidiário que começa a atormentar Ben dizendo para sua família mudar-se dali rapidamente, pois ele mesmo já morara ali com sua família e, em um dia, matara sua filha e sua esposa lá dentro. Segundo ele, por culpa de estranhos ataques de sonambulismo.



Tudo isso junto em um só capítulo é muito difícil de se desenvolver, e os roteiristas Brad Falchuk e Ryan Murphy (ambos de Glee) não são mestres em organização de roteiro. Por isso, todo o primeiro capítulo ficou bagunçado. O prólogo (assustador, aliás) + a apresentação das personagens e a situação de cada um + acontecimentos sem explicação e totalmente superficiais (como as cenas de bullying contra Violet na escola) + acontecimentos sem conclusão (Violet vê seu pai com a governanta e sai correndo e o pai a vê, mas, simplesmente, o assunto não é mais tocado durante todo o capítulo) juntam-se e formam uma desorganização total, de onde nós só tiramos proveito das cenas de suspense - bastante bem trabalhadas - e do talento do elenco. Sobre as aparições e os eventos sobrenaturais, parece-me que só saberemos o motivo no final da temporada ou da série toda (uma segunda temporada já foi confirmada, mas pode ser que seja com outra família). Até lá, o jeito pra quem está curioso e gostou da tensão exibida é aguentar toda essa bagunça até a resolução de tudo.



No elenco, quem se destaca são os coadjuvantes. Evan Peters (o paciente psicopata) está fenomenal e garantiu uma das melhores cenas do episódio piloto. Alexandra Breckenridge (a jovem Moira) esbanja sensualidade e a oscarizada Jessica Lange (a estranha vizinha) está impagável. A jovem Jamie Brewer faz um papel incrível e assustador como a filha da vizinha. Já o trio principal está totalmente sem sal - sendo que apenas Taissa Farmiga (Violet) e Dylan McDermott (Ben) se destacam em algumas cenas. Connie Britton está totalmente apagada.

O piloto de American Horror Story é totalmente desorganizado pela abundância de temas e obrigações abordadas, algumas acabam ficando sem pé nem cabeça e outras passam rapidamente, sem nenhuma exploração. O jeito é esperar o próximo capítulo. Mas que este aqui consegue realizar um clima de tensão, consegue. Os clichês do gênero estão presentes aqui, mas mostram que ainda conseguem assustar. Bom programa!




1 comentários:

mila disse...

Olá,
Essa é a minha primeira visita ao blog.Vi seu link em outro blog e resolvi entrar para conhecer aqui! Amei e já tô seguindo. Seu blog é lindo demais e suas postagens são muito bem elaboradas!
Te convido a visitar e seguir o meu blog também.Aguardo sua visita!
Bjs!
Mila
@camilapalm31
http://dailyofbooks.blogspot.com/

Postar um comentário

Gostou do café? Comente!