quinta-feira, 10 de maio de 2012

Livros Para Ler no Inverno


"Um dia frio, um bom lugar para ler um livro". Alguém discorda de Djavan? Eu sei que o inverno ainda vai demorar um pouco para chegar, mas a temperatura já caiu em grande parte do Brasil, e o gostinho dos dias encolhidos na poltrona agarrando-se na coberta está cada vez chegando mais perto. Então, para quem já está colhendo dicas de livros para os três meses de xícara na cômoda, espero que goste de alguns que listei aqui. Tentei embaralhar um pouco os gostos, então tem mistério pra quem quer aproveitar a proteção do cobertor e romance pra quem necessita de calor urgentemente! Confira, e deixe suas próprias dicas nos comentários:

Paciente 67
Autor:
Dennis Lehane
Gênero: Policial, Suspense
Editora: Companhia das Letras
Sinopse: No verão de 1954, os xerifes Teddy Daniels e Chuck Aule chegam Ilha Shutter para investigar o desaparecimento de uma interna no hospital psiquiátrico Ashecliffe, que sumiu apenas deixando uma misteriosa pista: um bilhete com um pequeno poema. Porém, a misteriosa fuga é o de menos se comparado a tudo o que Teddy e Chuck vão descobrir sobre os métodos empregados nos pacientes pelos responsáveis pelo hospital.
Recado: Para quem nunca ouviu falar do livro, recentemente ele foi adaptado para os cinemas (espetacularmente) pelo diretor Martin Scorsese, sob o nome de Ilha do Medo (Shutter Island, no original), e protagonizado por Leo DiCaprio. Eu já estou lendo o livro, e em breve postarei a resenha.


A Menina Que Roubava Livros
Autor:
Markus Zusak
Gênero: Ficção, Drama
Editora: Intrínseca
Sinopse: Narrada pela própria Morte, a trama conta a vida de Liesel Meminger. Desde o início de sua vida na Rua Himmel, em uma cidadezinha próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido de sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona-de-casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, O Manual do Coveiro. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro dos vários livros que Liesel roubaria ao longo dos anos seguintes. E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte.
Recado: Quem gosta do gênero, com certeza vai adorar. A narrativa do autor é sagaz, mesmo quando em devaneios das personagens, e a capa é daquelas que você coloca na estante virada para frente só para observá-la. Em breve, a resenha.


Assassinato no Expresso do Oriente
Autor:
Agatha Christie
Gênero: Policial
Editora: Pode ser encontrado na Saraiva de Bolso, Nova Fronteira, Círculo do Livro, Record, Altaya e Pocket Ouro.
Sinopse: Pouco depois da meia-noite, uma tempestade de neve pára o Expresso do Oriente nos trilhos. O luxuoso trem está surpreendentemente cheio para essa época do ano. Mas, na manhã seguinte, há um passageiro a menos. Um americano é encontrado morto em sua cabine, com doze facadas, e a porta trancada por dentro. Pistas falsas são colocadas no caminho do célebre detetive Hércule Poirot, que era um dos passageiros, para tentar mantê-lo fora de cena, mas, num dramático desenlace, ele apresenta não uma, mas duas soluções para o crime.
Recado: Não só esse, mas qualquer livro de Christie serve pra dar uma esquentada, não é? Já li, e posso confirmar que a solução do caso é surpreendente. Um dos meus favoritos de Christie, mas ainda acho O Caso dos Dez Negrinhos insuperável.

Ensaio Sobre a Cegueira
Autor: José Saramago
Gênero: Drama
Editora: Companhia das Letras
Sinopse: Um motorista, parado no sinal, subitamente se descobre cego. É o primeiro caso de uma "treva branca", que logo se espalha incontrolavelmente. Resguardados em quarentena, os cegos vão se descobrir reduzidos à essência humana, numa verdadeira viagem às trevas. O Ensaio Sobre a Cegueira é a fantasia de um autor que nos faz lembrar "a responsabilidade de ter olhos quando os outros os perderam". José Saramago nos dá, aqui, uma imagem aterradora e comovente de tempos sombrios, à beira de um novo milênio, impondo-se à companhia dos maiores visionários modernos, como Franz Kafka e Elias Canetti.
Recado: O livro também foi adaptado para os cinemas há pouco tempo, com Mark Ruffalo como um dos protagonistas. José Saramago ganhou o Prêmio Nobel de Literatura com esta obra.

E o Vento Levou
Autor:
Margaret Mitchell
Gênero: Drama, Romance
Editora: Pode ser encontrada na Irmãos Pongetti, Itatiaia, Record, Círculo do Livro e Hemus.
Sinopse: Um relato apaixonante sobre a guerra-civil americana, a aristocracia sulista que ela abala e transforma, e a coragem de uma mulher que nunca se deixou vencer. Conheça a linda e tempestuosa Scarlett O'Hara e o irresistível Rhett Butler, que a ama ao longo de todas as suas provações. Conheça a doce Melanie, o honesto Ashley Wilkes e os muitos outros personagens que habitam a esplendorosa fazenda Tara. Uma história de amor que  já emocionou milhões de pessoas no mundo todo.
Recado: Acho que nem preciso dizer que a história foi imortalizada nos cinemas há anos e é um dos maiores clássicos da história da sétima arte. Vale a pena ler suas mais de 800 páginas (a mais nova edição, de 2012, tem 952 - já vale para o inverno inteiro!), porque a história é emocionante e memorável.

Então, gostaram? Deixe suas próprias dicas e opiniões nos comentários (juro que retorno!). Boa leitura e bom inverno!

Arte: Rona Keller

2 comentários:

ϟLarissa HP disse...

adiciona na lista algum livro de harry potter

Renato Temponi Domingues disse...

Oi, Larissa! Sou até suspeito pra dizer, mas qualquer livro Harry Potter é uma ótima leitura para qualquer estação do ano. Recomendadíssimo mesmo!

Obrigado pela opinião. Abraços.

Postar um comentário

Gostou do café? Comente!